• abrapacsite

ABRAPAC ENVIA OFÍCIO SOBRE MP 964

ATUALIZAÇÃO: MP 964/20: VOTAÇÃO NÃO OCORREU ONTEM


Informamos que a medida provisória não foi pautada nem votada na terça-feira, dia 1º de setembro. Ela vence dia 7. Caso seja marcada sessão para hoje, quarta-feira, atualizaremos as informações aqui em nossas redes.

A ABRAPAC segue em sua missão de mostrar aos parlamentares os danos potenciais para a aviação civil de tal medida. É importante que todos os aeronautas estejam atentos a esse tema.

Veja abaixo o ofício que enviamos a todos os líderes de bancadas na Câmara dos Deputados e ao Deputado Lucas Vergílio, relator da MP 964:



“MP 964: UMA AMEAÇA À SEGURANÇA DE VOO”



Desde a sua fundação, a ABRAPAC trabalha pela segurança de voo e pela qualidade de vida dos pilotos de aeronaves. Qualidade de vida essa que está diretamente ligada à relação entre empregados e empregadores.



A MP 964, que está tramitando no Congresso Nacional, traz uma grande ameaça a segurança de voo. Apesar de ter sido concebida para facilitar a ação de órgãos públicos no exercício de missões institucionais ou policiais, essa medida afeta colateralmente a Aviação Civil. Ela contraria o que vigora na Lei do Aeronauta ao permitir que operadores de aeronaves contratem profissionais sem qualquer vínculo empregatício (free-lancers).



É preciso deixar claro que, ao possuir um vínculo empregatício, o tripulante assegura um melhor desempenho, graças à obrigatoriedade que o empregador tem de fornecer treinamento e todos os meios necessários para um voo em seu estado da arte. Sem vínculo profissional, essa salvaguarda se perde.



Entendemos que deva ser feita uma análise de risco e um diálogo com a categoria dos aeronautas. Uma alternativa viável seria um ajuste por meio de acordo coletivo com a categoria especifica, em vez de uma mudança no texto da Lei do Aeronauta.



A ABRAPAC alerta, assim, que a MP 964 pode ser mal interpretada pelos parlamentares. Solicitamos a rejeição da medida provisória e que seja proposta uma abertura de diálogo com todos os profissionais da aviação.



Certo de contar com seu apoio, subscrevo-me.



Paulo Licati – Presidente da ABRAPAC



0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo