• abrapacsite

Brasil é candidato à Secretaria Geral da Organização da Aviação Civil Internacional (ICAO)

O Brasil, país de dimensões continentais, se destaca pela excelência do seu sistema de controle do espaço aéreo, reconhecido como um dos melhores do mundo. Tendo presença permanente no Conselho da Organização da Aviação Civil Internacional, o Brasil se candidata ao cargo do Secretário-Geral nas próximas eleições previstas para ocorrer durante o 222º Período de Sessões do Conselho da ICAO, em Montreal, entre fevereiro e março de 2021.

A candidatura do Brasil é representada pelo Brigadeiro do Ar Ary Rodrigues Bertolino, cuja trajetória profissional, liderança nata e fortes valores éticos, o qualificam indubitavelmente para conduzir a Organização da Aviação Civil International, promovendo o seu desenvolvimento frente aos grandes desafios que se apresentam para o segmento da aviação civil em todo o mundo decorrentes dos fortes impactos provocados pela pandemia da Covid-19. A biografia do Sr. Brigadeiro do Ar pode ser conferida clicando aqui.

A Thales está presente no Brasil desde a implantação do Primeiro Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (CINDACTA I) em Brasília na década de 70, quando forneceu soluções e equipamentos que integraram esse centro (radares, auxílios às navegações aéreas (navaids), centros de controle, etc.). Ao longo dos anos, a Thales tem mantido estreita relação com o Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA) e suas organizações, tendo fornecido dezenas de radares e navaids em operação no país. Grande parte desses radares são fabricados na Omnisys, subsidiária da Thales no Brasil que, além de fornecer os equipamentos, provê todo o suporte técnico local para a manutenção em operação dos mesmos.

Nessa relação com o DECEA, a Thales teve a oportunidade de comprovar a grande capacidade e dinamismo do Brigadeiro Bertolino na execução das suas atribuições quando da sua gestão do Centro de Gestão da Navegação Aérea (CGNA) e, posteriormente, na direção do Subdepartamento de Operações (SDOP) do DECEA.

Pela inegável experiência em navegação aérea, aliada as qualidades de gestão e da boa relação com os diversos agentes e organizações que orbitam o mundo do controle do espaço aéreo, notadamente aqueles associados à aviação civil, a Thales entende que o Brigadeiro Bertolino tem o perfil ideal para promover o desenvolvimento e aprimoramento dos processos da ICAO, notadamente no cenário atual em que a aviação civil enfrenta enormes dificuldades e uma crise sem precedentes, decorrentes das consequências provocadas pela crise pandêmica que varre o planeta. Fonte: Omnisys

54 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo