• ABRAPAC

Aplicação do método estatístico anova quanto à percepção dos usuários na fila do check-in

Resumo


O presente trabalho é motivado pela necessidade da reflexão crítica sobre a percepção dos usuários do transporte aéreo brasileiro, quanto à recente privatização dos aeroportos. O objetivo é comparar a percepção dos usuários em relação ao tempo de fila no check-in e o tempo físico médio na fila no check-in entre aeroportos de administração pública e aeroportos concessionados. Os dados analisados foram obtidos no Relatório Geral dos Indicadores de Desempenho Operacional, publicado trimestralmente pela Secretaria de Aviação Civil. O Método das Categorias Sucessivas é utilizado para transformar dados qualitativos sobre a percepção dos usuários em dados quantitativos, sendo as ferramentas estatísticas aplicadas a ANOVA e Regressão Linear Simples. O resultado mostra que não há relação do valor-p tanto quanto à percepção dos usuários quanto ao tempo de fila de check-in e o tempo físico médio da fila de check-in. A regressão linear indica que os aeroportos concessionados têm, em geral, média de satisfação maior do que os aeroportos públicos, como também um tempo físico médio de fila maior, porém há uma tendência para que os aeroportos concessionados atinjam a eficiência dos aeroportos públicos no que se refere ao tempo físico médio da fila de check-in.


aplicacao-do-metodo-estatistico-anova
.pd
Download PD • 1.11MB

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
  • LinkedIn ABRAPAC
  • Instagram ABRAPAC
  • Twitter ABRAPAC
  • Facebook ABRAPAC

©2021 por ABRAPAC.