• ABRAPAC

Engenharia de resiliência, um novo contexto para o sistema de gerenciamento da segurança operacional

Resumo


Este trabalho tem como finalidade apresentar a evolução do instituto da resiliência, tendo como fatores contribuintes seus pioneiros, desde então, a resiliência era entendida no âmbito psicossocial e no desenvolvimento de matérias para as áreas da engenharia. Discutir sobre esse instituto requer do sujeito, a erudição dos princípios científicos da palavra resiliência, para isso é feito no presente trabalho a compilação de artigos científicos, teses de mestrado e doutorado, onde encontra-se as mais hodiernas referências. Sendo à disrupção, um processo natural dentre os meios sistémicos da segurança operacional, a inovação e capacitação de taxonomias discutidas ao longo desse trabalho cabe ao instituto da engenharia de resiliência guiar de forma qualificada novos meios de gerenciar ferramentas necessárias para o desenvolvimento de seus colaboradores. Ressalva-se que, o entendimento dos princípios de gestão do conhecimento, gestão de pessoas, gestão de processos, foi essencial para compilar o gerenciamento da segurança operacional com as convicções da psicologia positiva, onde logrou novos conceitos de cognição para a engenharia da resiliência, sendo utilizada para a resolução de hipóteses levanta ao longo desse trabalho. Aborda, ainda, a fundamentalidade dos sistemas, os processos de controle de malha aberta e malha fechada da segurança operacional, desenvolvimento da cultura organizacional a partir da implementação resiliente, e a capacitação do sujeito responsável a favor do gerenciamento sistêmico da preservação do bem-comum e organizações.


tcc-engenharia-de-resiliencia
.pdf
Download PDF • 1.53MB

5 visualizações0 comentário