top of page
  • ABRAPAC

Revisão do RBAC 117: Associações e ANAC fazem reunião técnica


Representantes das associações ASAGOL e ATL reunidos com representantes da ANAC para debater a revisão do RBAC 117.

Na tarde da quinta-feira (27), a pedido das associações ABRAPAC, ASAGOL e ATL, Diretores da ANAC e das entidades representativas reuniram-se para debater a revisão do RBAC 117.


Nessa ocasião, as associações, representando também o Projeto Fadigômetro, ressaltaram a importância de que a revisão do RBAC 117 seja conduzida com extrema cautela e baseada em sólido embasamento científico. Para isso, é essencial aguardar a conclusão dos estudos voltados à análise da fadiga entre os tripulantes da aviação civil brasileira, como é o caso do Fadigômetro.


As entidades enfatizaram a necessidade de que quaisquer alterações na regulamentação sejam fundamentadas não apenas em dados obtidos através de modelagem matemática, mas também em uma análise criteriosa das peculiaridades da operação no Brasil.

ASAGOL e ATL, que participaram da reunião em nome das associações e de todos os envolvidos no Projeto Fadigômetro, elogiaram a disposição da ANAC em revisar o RBAC e a abertura dada aos aeronautas no processo. No entanto, ressaltaram que, dada a importância desse instrumento regulatório para a segurança das operações aéreas, é fundamental seguir com passos cuidadosos e garantir que a versão final contemple de maneira abrangente todas as variáveis envolvidas no processo.


Seguimos na expectativa de que esse diálogo e colaboração resultem em avanços significativos para os aeronautas e para a excelência das operações aéreas em nosso país, ao buscar as melhores soluções e garantir o bem-estar e segurança de todos os envolvidos na aviação civil brasileira.


Os aeronautas foram representados na reunião pelo Cmte. Carvalho Lemos, Presidente da ATL, o Cop. Marcos Aurélio, Presidente da ASAGOL, e o Cmte. Tulio Rodrigues, Porta-Voz Científico do Fadigômetro. Pela ANAC, estiveram presentes os Diretores Luiz Ricardo de Souza Nascimento, Edmarcio Andrade Pires, Carlo Andre Araripe Ramalho Leite, Ricardo Bisinotto Catanant, Rodrigo Ribeiro Alencar e Marcelo Pereira da Fonseca.


Sobre o Fadigômetro


O Fadigômetro tem como objetivo a criação de um banco de dados sobre o estado de alerta das tripulações da aviação regular brasileira durante suas jornadas de trabalho, permitindo a propositura de métodos para a análise do risco da fadiga e estratégias para sua mitigação.


A pesquisa tem à frente as associações ABRAPAC, ASAGOL e ATL, conta com a participação da USP (Instituto de Biociências, Faculdade de Saúde Pública e Instituto de Física) e do ITA, e com o apoio da Azul Linhas Aéreas, CENIPA, CNFH e CNPAA.

30 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page