• ABRAPAC

Uso de dirigíveis para inspeção em linhas de transmissão

Resumo


Furnas possui uma malha de linha de transmissão de energia elétrica de mais de 20.000 km de extensão e é responsável por 40% de toda energia que é consumida pelo País. Para manter a disponibilidade dessa energia nos padrões estipulados pela ANEEL, Furnas adota padrões de inspeção destas linhas de transmissão tanto terrestre quanto aérea para que as manutenções preventivas e corretivas sejam feitas em períodos de 12 meses. Essas inspeções aéreas são realizadas por helicópteros alugados por meio de licitação de acordo com a Lei 8.666/93. Toda essa extensão de linhas de transmissão está dividida em dez partes. O autor escolheu apenas uma área dessas dez partes para realizar o trabalho aqui apresentado. O dirigível apresentado nesse trabalho foi do tipo não rígido, com uma gôndola onde a tripulação se acomoda e com um envelope inflado com gás hélio e dois balonetes internos que distribuem o peso e balanceamento do equipamento. O modelo estudado foi o 138S da Airship do Brasil.


monografia-uso-de-diriveis-para-inspecao
.
Download • 871KB

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
  • LinkedIn ABRAPAC
  • Instagram ABRAPAC
  • Twitter ABRAPAC
  • Facebook ABRAPAC

©2021 por ABRAPAC.